Como Montar um Home Studio Simples e Barato

Hoje em dia, com várias tecnologias acessíveis, ficou muito fácil montar um Home Studio simples e barato. Os equipamentos possuem muito mais qualidade e um melhor preço comparado a antigamente.

Na maioria dos casos, para montar seu Home Studio você irá precisar de equipamentos como computadores, interface de áudio e microfones de voz e monitores de áudio ou fones de ouvido. Com eles já é possível fazer boas produções.

Há diversos tipos de programas de edição, mixagem, gravação e masterização disponíveis no mercado. Antes de adquirir um você deve fazer uma pesquisa de preço para poupar o máximo de dinheiro e ter o máximo de qualidade possível.

Mas afinal, o que você precisa para montar um Home Studio simples e barato? Nesse post você vai descobrir o que é essencial para você dar início ao seu Studio de produção.

Local para montar um Home Studio simples e barato

Existem vários lugares que você pode fazer o seu Home Studio, mas os mais comuns costumam ser um quarto, uma garagem ou uma sala. No espaço precisa caber todos os equipamentos que são necessários e de preferência não atrapalhar ninguem.

Depois que você encontrar um espaço bacana você pode começar a montar um Home Studio simples e barato. Se quiser, você pode providenciar um isolamento acústico para o ambiente, não é obrigatório, mas é bem recomendável para que você não seja interrompido durante suas sessões de estúdio por estar incomodando o restante do pessoal da sua casa hehe.

Equipamentos necessários para montar um Home Studio simples e barato

A partir do momento que a gravação digital ficou popularizada, o custo e a necessidade de vários equipamentos diminuíram. A maioria dos processos passou a ser feito utilizando apenas um computador.

Dessa maneira, muitos equipamentos foram substituídos por plugins, que diversas vezes estão disponíveis gratuitamente na internet.

Vamos conhecer quais são os equipamentos fundamentais para montar um Home Studio simples e barato.

1 – PC de Mesa / Notebook

O primeiro passo é comprar um pc/notebook, pois ele será o coração do seu Home Studio. Para começar você não precisa investir em algo muito caro, pode ir aos poucos e com o tempo fazendo melhorias.

Nele você poderá instalar os seus softwares de produção (DAW) e outros programas que irão te dar recursos como possibilidade de gravação, manipulação de áudio, instrumentos virtuais, inserção de plug-ins de efeito e muitos outros.

Na hora de comprar, não fique com o pé atrás sobre comprar um Windows para produção, ele atende perfeitamente todos os requisitos (dependendo da configuração da máquina) e te permite produzir músicas tão boas quanto um Mac (afinal de contas, a máquina não define o músico).

Caso você já tenha um computador em casa, você pode utiliza-lo sem problema nenhum, pois não é necessário ter um super computador. Porém, se você tiver condição, mais potência nunca é uma má ideia haha.

A velocidade do processamento, a capacidade do seu HD e o tamanho da memória Ram são muito importantes, pois os programas exigem muitos recursos do seu computador.

Ter um computador com boas configurações vai fazer com que você trabalhe suas tracks sem problemas e tenha espaço suficiente para armazenar programas, plug-ins e arquivos.

O ideal seria um computador com memória Ram mínima de 4GB, 500GB de HD e pelo menos um processador i5 ou superior. Quanto mais moderno melhor.

2 – Interface de áudio

Esse é um item essencial para quem quer montar um Home Studio simples e barato. Você pode utilizar a interface do seu computador, mas se quiser ter um som de qualidade, é bom ter uma interface com taxas de conversão para áudio profissional.

Para a produção musical é interessante ter uma interface com mais canais de entrada para gravar simultaneamente vários instrumentos, como as peças de uma bateria por exemplo.

Mas se você não tem necessidade disso, uma interface simples já é suficiente. Geralmente, o processo de gravação é realizado com um instrumento de cada vez.

A interface de áudio permite conectar os instrumentos e microfones no seu computador, usando USB, FireWire ou Thunderbolt. É necessário instalar apenas um driver.

Existem alguns modelos que são de boa qualidade e possuem baixo custo. São eles: Behringer U-Phoria Umc202 e Focusrite Scarlett Solo.

Na hora de escolher, prefira modelos que tenham entrada para microfone com phantom power, instrumento e linha, pois assim você não vai precisar usar mesas de som para fazer conexões, dando menos gasto.

Também é ideal escolher aqueles que têm saída independente para headphone. Assim, você vai ter uma saída para o fone de ouvido, além daquelas para ligar os monitores de áudio. Isso facilita muito o trabalho.

O tipo de interface de áudio que você deve escolher vai depender do tipo de produção que irá querer. Mas normalmente ela precisa ter no mínimo 2 canais de entrada e 2 canais de saída.

Uma das minhas favoritas e que é muito boa no quesito custo x benefício é a Focusrite Scarlett 2i2, vale a pena conferir.

3 – Microfone de Voz

O microfone é essencial para gravar vozes e alguns outros sons. Eles são divididos em dois tipos, os dinâmicos e os condensadores.

  • Microfones de Voz Dinâmicos

Os microfones dinâmicos são menos sensíveis e captam o som de forma mais direta. Eles costumam ser utilizados para captar instrumentos de percussão, amplificadores de guitarras, instrumentos de sopro, violão e parte da bateria.

Eles são mais robustos, versáteis e mais duros, além de ter sua própria fonte de alimentação.

  • Microfones de Voz Condensadores

Os microfones condensadores são mais sensíveis e são utilizados para gravar instrumentos com sonoridade tranquila ou expressiva, como o violão e piano. Eles captam melhor a ambiência, e são usados também para a voz.

Caso você não tenha dinheiro para comprar os dois tipos, opte pelo microfone do tipo condensador, pois se adaptam melhor a todas as necessidades do seu Home Studio.

Duas boas sugestões de microfone são o Samson Meteor Mic USB e o Samson C-1U (esse segundo é um pouco mais caro, mas é muito bom).

4 – Monitores de Áudio ou Fones de Ouvidos

Por último, mas não menos importante, você também precisará no seu home studio de uma boa saída de áudio, que pode ser um par de monitores de áudio ou bom fone de ouvido de produção.

Para decidir em qual deles você deve investir primeiro e também conferir algumas sugestões de modelos de cada um, você pode dar uma conferida nesse outro post.

[POST] O que é melhor para produzir? Fone de ouvido ou monitores de áudio?

Nesse post eu explico melhor qual a diferença entre eles, e o que você deve levar em consideração para escolher qual deles comprar.

[OPCIONAL] Teclado MIDI

Se você é um bom músico, toca piano ou teclado e desenvolve boas melodias com esses instrumentos, um teclado MIDI pode potencializar suas produções.

O teclado MIDI tem a funções de tocar notas MIDI dentro do seu programa de produção de música eletrônica, e alguns mais modernos contam ainda com alguns knobs que podem ser mapeados para executarem ações mais específicas, como controle de volume, filtro, controle de pan, e efeitos mais criativos.

Além disso alguns desses ainda contam com um “mini pad” que te permite mapear outras funções e podem ser muito útil na hora de produzir os drums da sua track, já que funcionam como um sampler ao estilo MPC.

O teclado MIDI é completamente opcional e não é necessário para iniciar seu home studio, porém é possível encontrar ótimos controladores no mercado por preços bem diversos.

Você pode encontrar modelos mais simples (que trazem somente as notas MIDI, sem knobs nem mini-pad) a partir de R$ 100.

A princípio, com esses equipamentos você já consegue dar inicio ao seu Home Studio. Com o tempo você vai ganhando dinheiro com as produções e vai investindo em equipamentos melhores.

Com as novas tecnologias ficou mais fácil montar um Home Studio simples e barato. Com pouco dinheiro você já consegue adquirir os equipamentos e iniciar suas atividades de produção musical.

Você já tem o seu home studio preparado? Quais equipamentos você utiliza no seu studio para produzir? Compartilha com a galera nos comentários aqui em baixo ;).

Sobre o [DJ] Everton Rezende

DJ e "aspira a produtor de música eletrônica", criador da Academia do DJ e do podcast "By Night".Louco por agitar a pista e ver aquele momento em que todos estão cantando e pulando junto com você. Curto muito compartilhar meu conhecimento e minhas experiências com outras pessoas e por isso esse blog existe. "Don't Stop The Party!"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *